Início PAGINA INICIAL LIGA DOS CAMPEÕES Zenit-Benfica: Águias na Rússia com a 'receita de 2016' em mente

Zenit-Benfica: Águias na Rússia com a 'receita de 2016' em mente

84
0
COMPARTILHE

OBenfica visita, esta quarta-feira, o Zenit em jogo da 2.ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. As águias de Bruno Lage querem tentar inverter o mau arranque na competição, por conta da derrota caseira diante dos alemães do RB Leipzig (1-2), e regressam a um local onde já foram felizes.

Na última vez que as duas equipas se defrontaram, o Benfica levou a melhor em São Petersburgo. Nesse jogo, que remonta a 9 de março de 2016, valeram os golos de Nico Gaitán (85′) e Anderson Talisca (90’+2) para contrariar o tento de Hulk (69′). Para além do triunfo, a equipa então comandada por Rui Vitória conseguiu também um lugar nos quartos de final da Liga dos Campeões. Esta quarta-feira, o Benfica agora liderado por Bruno Lage terá em mente a receita de 2016 para poder conseguir agarrar os primeiros três pontos na presente edição da Liga dos Campeões. Semak em discurso direto Lesões: “Vamos pensar mais nos nossos atletas, pois temos alguns com problemas. Primeiro temos de ver isso e depois escolher o esquema para podermos jogar bem. Todos os que vão estar em campo vão dar certamente o melhor para vencermos.” Análise ao adversário: “O Benfica gosta de atacar pelos flancos, remata bem de longe. É uma equipa com muita qualidade. Esperamos por este jogo há muito tempo. Vai ser uma festa.” Jogadores mais perigosos: “Não podemos dizer que André Almeida e Grimaldo sejam os mais perigosos. O Benfica tem outros bons jogadores, como o Pizzi. As equipas portuguesas têm jogadores bons tecnicamente. O André Almeida não vai jogar com o Zenit, mas vai ser substituído por outro que terá qualidade.” Bruno Lage em discurso direto  Preparação do jogo face à prestação nacional ou internacional: “Preparámos as duas situações. Nas competições nacionais jogam normalmente em 4-4-2 e as dinâmicas das alas mudam muito consoante os jogadores. É uma equipa poderosa em termos internos. Jogando em 5-3-2 ou 4-4-2, a equipa vale pelo seu coletivo. Tem capacidade para jogar curto, mas também de outra forma.” Que equipa após derrota na primeira jornada: “Uma equipa mais mandona é que o pretendemos em todos os jogos. A nossa característica é esse, é ter o controlo do jogo com bola. Quando não o conseguimos é a força do adversário que o faz, mas tentamos sempre controlar, mesmo sem bola. A responsabilidade no Benfica é sempre máxima. Eu exijo o máximo aos jogadores e espero que exijam o mesmo a mim por representar o Benfica. Eu sou um pouco como os miúdos que chegam à primeira equipa. Eu represento o Benfica desde os sub-9. Jogamos sempre para ganhar em todos os escalões, não é aqui que nos vamos desviar desse ADN. Esse é o nosso sentimento, sempre máxima responsabilidade.” Ajustes na equipa: “Não é nos jogos mais complicados que temos de ajustar, é sempre que sentirmos que temos essa necessidade. Nunca podemos deixar de olhar para nós, para a nossa evolução e momento de forma. Pelas características dos nossos jogadores, sabemos que nos dão coisas diferentes. Em função do jogo que temos pela frente temos de escolher sempre os melhores. A ideia é termos um plantel competitivo para as competições, mas também internamente, para que os jogadores nos ofereçam coisas diferentes. Estamos sempre a pensar em preparar o melhor onze para cada momento.” Últimos onzes  ZenitLunevKaravaevIvanovicRakitsky, Santos; Zhirkov, Barrios, OzdoevDriussiAzmoun e Dzyuba, BenficaOdyesseasGrimaldo, Ferro, Rúben Dias, André Almeida; FejsaTaarabtPizziRafaGedson e Seferovic. Últimos resultados ZenitDVVEV Benfica: VEVDV Ausências  ZenitZuykovKokorin e Malcon (lesionados) BenficaChiquinhoConti, Florentino, Ebuehi, André Almeida (lesionados), Samarias (opção técnica).]]>

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here