COMPARTILHE

Quando as coisas não andam sobre rodas, quando vês que o trabalho não deu frutos, a tua mente faz-te repensar nas coisaspara ir pelo caminho certo. 

É por ai que o Real se deve dirigir, tendo em conta tudo o que viveu em apenas umas semanas. Tudo começou com a lesão de Brahim no passado 14 de julho.

O espanhol sofreu uma lesão muscular no bíceps femoral esquerdo, algo que o deixará praticamente fora de combate um mês. E isto foi só o começo do calvário madridista.

Seguiram a Brahim no caminho para a enfermaria quatro companheiros: Asensio, Mendy, Jovic e Courtois. O espanhol rompeu o cruzado e o menisco frente ao Arsenal e estará uma longa temporada fora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here