COMPARTILHE
Com o resultado, de duas bolas a uma, sofrido mas muitíssimo bem ajustado ao Black Bulls ante a formação estudantil da Académica, que jogava no seu pelado, os touros negros isolaram-se na tabela classificativa com 25 pontos, mais dois que o rival Desportivo da Matola, que na deslocação a Inhambane empatou (1-1) com o Ferroviário, de Danito Nhampossa, e mais seis que a Associação Desportiva de Macuácua, que venceu na deslocação a Inhambane, onde enfrentou o Temusa.
Assim, a ABB termina a primeira volta como líder da Zona Sul, registo histórico para a jovem formação que no primeiro ano da sua estreia nesta prova que qualifica para o Moçambola tem conseguido escrever com letras douradas a sua presença na segundona.
Um percurso que deverá seguir-se na derradeira e segunda volta, que se afigura será difícil (nunca foi fácil) para os touros, que partem, entretanto, como os principais favoritos.
No jogo realizado no terreno da Académica os estudantis quiseram complicar a vida do visitante, apertando e fechando todos os caminhos que dariam à sua baliza, facto que obrigou que as duas equipas terminassem a primeira parte com o nulo a prevalecer.
Apenas no segundo quarto do segundo tempo é que se desfez o nó, com o marcador a ser aberto precisamente pelos visitantes. Aliás, estes viriam a aumentar o score para dois a zero pelo inevitável Ejaita, peça-chave na estrutura da ABB. Entretanto, a Académica não desmoronou e marcaria o tento de honra, entretanto insuficiente para evitar a derrota festejada da formação da Matola.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here